Esta semana ficou marcada pelas suspeitas lançadas pelo arguido no caso dos e-mails, Francisco J Marques, em torno dos adversários que o FC Porto iria defrontar. Segundo o director de comunicação os adversários podem estar a ser pagos para lesionar os jogadores do FC Porto. Isto não só abalou toda a gente no futebol português chegando a ser criticado por comentadores e adeptos do seu próprio clube.


Mas esta suspeita não foi só no sentido de se lançar lenha para a fogueira em termos de comunicação. Serviu também para condicionar os adversários que o FC Porto vai enfrentar, assim como os árbitros que certamente vão distribuir cartões com mais facilidade nos jogos dos azuis e brancos. No Tondela-FC Porto, assim que entraram de forma normal sobre Filipe, o mesmo saiu disparado em direcção do árbitro de dedo em riste. “Cergio Sonceição” fez o mesmo com o 4º árbitro. Moral da história é ver algumas das entradas do jogo onde 2 jogadores teriam visto amarelo e não jogavam o clássico. Se o jogo tivesse um árbitro sério.