“No dia 29 de junho de 2016 a assembleia geral da fpf aprovou novo regulamento de arbitragem que passou a possibilitar a nomeação de árbitros estrangeiros nas competições portuguesas.

Importa recordar que este novo regulamento e esta possibilidade foi aprovada até por clubes cujo porta voz assustado com tal possibilidade, veio de forma apressada e incompetente, afirmar que tal era impossível e talvez numa auto crítica ao clube que representa, considerando que seria ofensivo para a arbitragem portuguesa.

Depois de sucessivas críticas e ameaças aos árbitros nacionais e perante uma proposta prevista nos regulamentos, afinal do que têm medo?”