Braga apresenta queixa contra o Sporting

Advertisement

O SC Braga notificou o Sporting de que apresentou uma queixa junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) por causa de Rodrigo Battaglia, já que o argentino rescindiu contrato com os leões, após o ataque a Alcochete, e voltou ao clube, sendo que os leões entendem agora que são detentores de 100 por cento do seu passe.

Por entender que mesmo com a assinatura do novo vínculo mantém 20 por cento do passe relativo a uma futura transferência, os bracarenses avançaram com uma queixa no TAD.

O emblema chefiado por António Salvador quer que o Sporting ou assuma o pagamento da verba que entende ter direito, ou então que coloque no contrato de Battaglia essa indicação para uma futura transferência.

De acordo com o jornal A Bola, trata-se de uma situação semelhante à de William Carvalho e de Bruno Fernandes, já que tanto o Cercle Brugge no caso de William, como da Sampdoria no caso de Fernandes, entendem que devem receber uma verba pelas vendas.

Também no caso de Battaglia, que avançou para a rescisão de contrato mas voltou a Alvalade, o SC Braga entende ter direitos numa futura venda.

O jornal A Bola sustenta que do lado verde e branco a posição é a mesma tida em relação aos casos acima referidos.

Ou seja, perante a resolução unilateral dos contratos em 2018, após o ataque à Academia de Alcochete, os sportinguistas consideram que as cláusulas perderam efeito jurídico.