Após o episódio no Estádio D. Afonso Henriques, Nelson Semedo revela que foi “muito apoiado” pelos seus “colegas e por todo o staff do Benfica”. “Pela opinião pública nem tanto”, lamenta. “Lembro-me de ler um artigo em que criticaram o meu gesto, dizendo que o cliente [os adeptos] tem sempre razão e que a única interacção permitida entre um jogador e o adepto é o aplauso. Não estariam certamente à espera que aplaudisse um acto de racismo”, recorda o futebolista.

Para o actual jogador do FC Barcelona “a primeira pessoa a reagir neste tipo de situação tem de ser o árbitro”. “Na minha opinião, o que o árbitro tem de fazer é terminar o jogo e não esperar que um jogador sofra tanto ao ponto de ter de abandonar a partida.”