Tal como aconteceu com Nelson Semedo e o jornal Record. Rui Santos teve a coragem de dizer isso:

“Marega desrespeitou toda a gente. Desrespeitou o público, desrespeitou o treinador, desrespeitou a equipa. É preciso saber efetivamente o que se passou porque vários testemunhos dentro do estádio não dá conta que houve manifestações de racismo!”

 

 

Será que vê os jogos?

Uma coisa é condenar os gestos que Marega faz no momento da saída. Gestos que até o irmão disse que não devia ter feito. Outra coisa é dizer que não houve insultos racistas porque houve.

SOS RACISMO: Rui Santos diz que Dyego Sousa não é “bacteriologicamente puro”