O mundo a travar uma luta contra o vírus mortal e os cartilheiros do FC Porto desesperados pelo título e a qualificação para a Champions. Depois do Baldaia é a vez do Rodolfo Reis.

“Era revoltante, agoniante e uma vergonha total, porque, se o campeonato terminasse agora, quem vai à frente é o FC Porto. Se ia terminar à frente? Não sei. O Benfica tem capacidade para recuperar? Até tem. Quem ia ser campeão? Tínhamos de ver”, referiu o ex-jogador dos dragões, para quem “o Europeu tem de ser adiado” para que, se possível, as contas da I Liga possam ser fechadas.

Tal como o Baldaia, o outro cartilheiro vai mais longe e desesperado exige uma entrada directa na champions. “Não há mas, nem meio mas. O FC Porto vai à frente e vai à Champions e o Benfica ao play-off. Ponto final parágrafo. Sem um campeão, quem está à frente deve ir à Champions”, insistiu.