Quando uma pessoa pensa que não conseguem ser piores, eis que aparece mais uma no jornal Record.

O Benfica, o Sporting, os jogadores do Sporting, o Moreirense entre outros, divulgaram para conhecimento dos seus adeptos, que estão a ajudar como podem.

Ora no Record, fala-se em oportunismo e compara-se os níveis de ajuda. Estão literalmente a medir “pilinhas”. Para o Record, quantifica-se o nível de ajuda em vez de se saudar os clubes por demonstrarem que, também eles, estão no terreno.

O Record ou a Cofina, com tanta audiência, com tanto patrocínio e com tanto dinheiro para comprar a TVI, já se mostrou disponível para ajudar comprando ventiladores, por exemplo? Ou só pretende ganhar audiências à conta da pandemia?