Desespero por vendas leva JN a fazer capa vergonha contra o Benfica

Foi assim a 17 de janeiro de 2019, em que chamavam Rui Pinto de “hacker do Benfica”, é agora com “empresário de jogadores do Benfica”. Pelo meio, um quadradinho muito pequeno sobre o racismo por parte de adeptos do FC Porto.

Sobre o “hacker do Benfica” já se percebeu que do Benfica não tem nada. Já sobre o “empresário de jogadores do Benfica” a história é ainda mais ridícula. Dão e entender que é um empresário que é só do Benfica. Não! Tem do Nápoles, da Juventus, do Real Madrid, do Eintracht Frankfurt, da Roma, da Fiorentina, do Milan, do Chelsea, do Wolfsburg, etc…

Não é um Alexandre Pinto da Costa ou um Pedro Pinho desta vida que trabalham exclusivamente para o FC Porto. Não é um José Fouto que ainda hoje espera receber do Sporting.

As pessoas do JN, que tiveram na festa do ultimo campeonato do FC Porto, deveriam ter vergonha tal não é a incompetência apresentada nestas duas capas de jornal. Não vende e não dá para forrar a gaiola do pássaro. Experimentem com o FC Porto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo