Para o treinador do FC Porto vale tudo! Vale andar a criticar as arbitragens desde o inicio da temporada sem que o Conselho de Disciplina aplique um castigo exemplar.

Depois de tanto criticar a arbitragem e ter sido altamente beneficiado no jogo contra o Benfica veio armar-se em sonso dizendo que falar de arbitragens era tapar o sol com a peneira. Após o clássico, qual o incoerente, que volta a atacar os árbitros e o VAR. Castigo? Nada disso! É o treinador do FC Porto. Mais, festejar golos em direcção do árbitro assistente é algo que dignifica o treinador do FC Porto.

Quanto à Liga? Conselho de Disciplina? Assobiam para o lado.