VIRA O DISCO E TOCA O XISTRA!

Advertisement

A 12 jogos para o final do Campeonato, aí temos uma jornada com escolhas do Conselho de Arbitragem que prometem… emoções fortes! Ou talvez não. Depende sempre da perspetiva!

Vamos à única coisa que interessa: os factos.

Histórico de Carlos Xistra com o FC Porto na época 2019/20

FC Porto-V. Guimarães: Vermelho direto para Tapsoba ao minuto 1 + penálti (cancelado pelo VAR)

Vídeo: Xistra e VAR fazem vista grossa ao penalti de Corona

Vídeo: Momento em que Rochinha é agredido por Pepe dentro da área do FC Porto

Vídeo: 45 segundos de jogo Vitória reduzido a 10 por este lance

FC Porto-V. Setúbal: Vermelho direto para André Sousa ao minuto 32
Chaves-FCP (Taça da Liga): 1 penalti para o FC Porto

Taça de Portugal teve portoaocolo de Xistra

Perante isto, há duas questões que importa perguntar desde já:

A que minuto haverá penalti para o FC Porto nos Açores?
Quem será o jogador expulso do Santa Clara?

Carlos Xistra, recorde-se, esteve como VAR no Belenenses-Benfica da 2.ª jornada e também não viu um penalti flagrante por empurrão a Rafa e, para além disso, ainda foi o único a ver Seferovic em fora-de-jogo num golo que viria a ser (mal) anulado.

Vídeo: Penalti por assinalar a favor do Benfica

Vídeo: Jogador do CodeCity joga a bola no lance que dá o golo de Seferovic

No Benfica-Rio Ave, também apitado por Carlos Xistra, mais um penálti de todo o tamanho que ficou por assinalar por empurrão evidente a André Almeida.

E como André Almeida deve ter saído na ‘rifa’ a Xistra, ainda há mais um lance célebre que merece recordado: o dia em que este árbitro se apressou a mostrar o vermelho direto ao nosso capitão, no Benfica-Aves. O VAR (António Nobre) lá explicou a Xistra que assim também era demais e, sem remédio, o árbitro teve de voltar atrás e emendar a decisão.

O mais curioso é que, tendo tanta facilidade em puxar dos vermelhos (vejam-se os casos Tapsoba e André Almeida), o ‘nosso’ Xistra estava de VAR no Sporting-FC Porto no dia em que Hugo Miguel decidiu perdoar a expulsão de Alex Telles em Alvalade, que era mais do que óbvia! Coincidências desta vida em que… vira o disco e toca sempre o Xistra!